Bom dia

por fabio_piva

por @fabio_piva

Ei, psiu… Você aí, que já acorda todo contente, saltitando pelos campos. É, você mesmo, que se levanta alegre no domingo por ainda não ser segunda, e também na segunda porque… ah, porque a vida é bela e é preciso ser feliz. Você, que sorri para as manhãs ensolaradas porque são belas, e também para as chuvosas, porque a chuva molha as plantinhas — e as plantinhas são, como todos sabem, nossas amigas. Eu estou aqui para lhe dizer que o apóio incondicionalmente. Mas não o compreendo.

Na verdade, não só não compreendo como não posso nem argumentar em favor de alguém que acorda de bom humor — quando a natureza obviamente tomou todas as precauções para que pudéssemos ostentar nosso mau humor matinal sem que isso sequer interferisse no bom andamento da humanidade. Reparem: Acordamos fotossensíveis, de cara amassada e exalando odores duvidosos, de forma que nenhum outro membro da espécie deveria sentir-se particularmente inclinado a aproximar-se de nós nas primeiras horas do dia. E mesmo quando algum desavisado insiste em fazê-lo, estará relativamente seguro: Nesse período, nosso mau humor é proporcional à nossa falta de agilidade, o que nos garante desvantagem considerável no caso de cedermos à tentação de encher o mala de porrada. Parece que a evolução favorece os primeiros clientes diários das padarias.

Por esta razão, não acho que exista no mundo cumprimento mais cínico que o “bom dia”. Receber quem chega logo cedo com “bom dia” é, ao meu ver, a maior indelicadeza que se pode cometer, e está no mesmo patamar que saudar com “seja bem vindo!” quem chega para ser internado em uma clínica de rehabilitação, ou despedir-se com um “volte sempre!” de quem sai de um hospital. “Bom dia, Fabio!” pode ser facilmente traduzido para “Rá, você também se fodeu por ter que estar aqui tão cedo, Fabio!”. Um “meus pêsames” ou talvez um “que droga, né?” seria muito mais autêntico e — isso sim — coisa de amigo, mesmo.

A carga negativa do “bom dia” só vai se atenuando à medida que a manhã mingua, ou seja, ao passo em que se torna mais adequado o jovial e — esse sim, muito mais acolhedor e educado — “boa tarde”. O “boa tarde” traz implícito a idéia de satisfação por você só ter dado as caras quando já é humanamente plausível de se estar de pé — ou seja, após o meio dia. Algo como “Oi. Estou muito feliz por não tê-lo encontrado até agora – espero que tenha estado na cama até dez minutos atrás”. E mesmo o mais vil dos “boa tardes” ainda é muito melhor que qualquer “bom dia” — basta notar que um sarcástico “boa tarde, né?” equivale a um “Notei sua ausência até o presente momento, e o invejo mortalmente por isso”.

Por todas essas razões, muitos de nós evitam acordar antes do meio dia, e isso nos rende a inevitável fama de preguiçosos. O que é, em geral, de uma ironia tremenda — pois o sujeito que me chama de preguiçoso é o mesmo que acorda todos os dias cedinho, descansado após uma deliciosa noite de sono, enquanto eu estou indo dormir após trabalhar feito doido madrugada a dentro. E nem me venha com justificativas saudáveis para madrugar: Eu nunca, em hipótese alguma, nem se minha vida sedentária dependese disso, sairia da cama com algum propósito saudável como correr, respirar o ar puro da manhã ou algo que o valha. O sol da manhã reage sobre mim como se eu fosse um vampiro (desses antiquados que não brilham, a saber), e o sereno é a minha água benta.

Por isso, se eu em alguma oportunidade não te desejar um bom dia, não se ofenda — talvez eu só esteja sendo educado. Talvez só esteja esperando mais algumas horas para desejar-lhe um “boa tarde”. E procure não me julgar por detestar as manhãs — ao invés disso, ofereça-me um café e seja tão paciente com o meu mau humor quanto eu sou com o seu bom humor. Prometo que assim, nos daremos melhor.


Imagens Mean Cards

Anúncios
Tags:

22 Comentários to “Bom dia”

  1. Fábio, e novamente fui surpreendida com seu texto. Aceito não receber seu bom dia, mas me recuso a não ter o boa noite. Ficamos combinado assim ?

  2. VISH!!

    Perfeito.

    Eu sou daquelas que dá boa tarde. 12h é cedo pra gente né =]

    Ótimo texto \o/

  3. Pode me odiar discretamente, mas sou acometida de alegria irritante. Pensei em me fingir mais comedida, mas não conseguiria: sou assim em caneta marca-texto.

    Tá, pode me dar unfollow no Twitter agora!

  4. Bom, confesso que sou uma pessoa matutina, acordo cedo e às vezes mais cedo pra poder treinar.
    Não que eu acorde saltitante, aí é demais!
    Mas acho q seu texto fala mais do que a questão de acordar cedo ou não, fala da hipocrisia: fala-se por aí “Bom dia”, “Bem vindo”, “Volte sempre” e até “Te adoro, te amo, sinto saudades” sem realmente sentir isso. Todos estão condicionados “por educação” a falar assim. Mas q raios de “educação” é essa? Que torna tais palavras sem valor?

    Adorei o “Acordamos fotossensíveis, de cara amassada e exalando odores duvidosos” pura verdade, tanto q esse negócio de dormir abraçadinho todo dia é coisa de filminho açucarado e não rola!

    Tá mandando mto bem nos textos, Fabio! Congrats

  5. Pois bem Fabio… cá estou novamente… e concordo muito com vc…
    Desde que passei a entrar às 10h da manhã no trabalho e poder sair de casa apenas 10 minutos antes, sou muito mais feliz!!!! Praticamente chego no trabalho na hora do almoço [geralmente o feijão já está zunindo na pressão] rsrsrsrs.
    Morro de inveja de quem pode começar a funcionar a partir do meio-dia… mas ainda chego lá!!!
    Boa noite!!!
    Amei o texto!!
    Edilene

  6. ó, também sou mal humorado que só a peste pela manhã, se vc não me der bom dia vai ter treta. e trata de sorrir.

    Muito bom, Fabio. gosto da métrica dos seus textos. e dos temas também.

    Mas já falei, trata de me cumprimentar se não eu fico puto. se quiser pode dar os pêsames, rá!

    abraço grande.

  7. Agora começo a entender um pouco do porque, no ano que te conheci, quando eu, toda inocente, adentrava a sala de aula e você ao invés de me dar um sonoro e alegre bom dia me fuzilava com seu olhar de “porra!! que merda, mais um/uma infeliz aqui”
    Hoje, pos faculdade, começo a concordar com você, não há nada mais tediante do que dar bom dia quando tudo que vc mais queria era sua cama quentinha de volta..

    Lembrarei sempre te desejar “vai a merda” quando te vir antes do meio dia! ;)(Além é claro de te convidar para um café porque café é sempre bem vindo não importa a hora do dia!)

  8. Quando eu casei, minha mãe achava o meu marido um tremendo vagabundo porque ele não trabalhava de manhã. Hoje ela desenrola um tapete vermelho toda vez que ele passa.
    E meu mal humor matutino/necessidade ferrenha de cafeína antes de ouvir o soar da primeira palavra dita por um intruso, foi incompreendido durante todo o tempo que eu vivi na casa dos meus pais.

    Isso é só pra te dizer que eu confio em pessoas que dormem tarde (e até tarde). Até caso com elas.

    As melhores coisas que escrevi na vida tiveram suas primeiras palavras typadas (ui) depois das duas da manhã. Lógico que ganhei um belíssimo par de olheiras, mas só eu sei as outras coisas que ganhei nessa minha vida de vampira – e todas elas me são caríssimas.

    Então assim…nem dá bola pra quem acorda cantando Luan Santana e saltitando pelas ruas. Essas pessoas não existem de verdade. Elas só acham que existem porque viram gente feliz/saudável/cor-de-rosinha na televisão.

    Beijunda (só pra não ser chique)

  9. Pessoas que acordam às 8 da manhã, numa segunda-feira, felizes e admirando o canto dos passarinhos, depois com um sorriso no rosto vão até a janela, abrem a cortina, dão bom dia para o sol e saem saltitando para o trabalho estão presas em algum filme da Disney e logo devem comer uma maça envenenada.
    Como eu sempre digo: não sou gente antes da primeira xícara de café do dia!

  10. Quantas vezes não escutamos falar que o bebê está trocando o dia pela noite. Sabe o que eu acho: que o bebê não troca nada – ele nasce certinho de acordo com o que manda seu conjunto genético. Para mim, dormir a noite é tão antinatural para humanos que precisamos forçar os novatos do espécie a se adequar.
    .
    Alguns parecem se adaptar melhor a isso do que eu. Nas primeira horas da manhã… aliás, em todas as horas da manhã – só não ofendo o povo do “BOOOM DIA!!” por não conseguir concatenar um xingamento completo.
    .
    Eu naturalmente me afasto dos saltitantes matinais para garantir a minha sanidade mental e a integridade física deles. E creio que a recíproca deve ser verdadeira – até porque, tenho quase certeza de que eles me consideram um pé-no-saco, amargo e mau-amado. Conviver comigo de manhã deve arranhar a alegria dos superlegais.
    .
    Mas, enfi: viva o cada-um-pro-seu-lado, preferencialmente, com seus iguais.
    .
    Ah, em tempo – adooooro seus textos.

  11. Fá…
    Você é muito foda ao escrever…rindo muito aqui..concordo com tudinho que disse…
    Beijos em ti
    ahhh,linkei você..
    Beijos

  12. Ó. Não vou comentar…Fazem dois dias q tento dormir em horários alternativos, pq não consigo dormir nos “normais” e sou acordada com marteladas e vozes falando mais alto q deveriam, no mesmo timbre do moço q vende pamonha. No momento meu mau humor é capaz de matar e não de comentar o texto.

  13. Eu tenho medo de mim quando acordo, e pena de quem possa vir a acordar ao meu lado.
    Acordo incorporada na she-ra [é assim que se escreve?] aquela, esposa do Heman [é assim que se escreve?] e não entendo como alguém pode ter a cara de pau de pronunciar a frase “você fica linda acordando”… Isso acabaria com um relacionamento, odeio mentiras e puxa-saquismos matinais.

    Ninguém é bonito acordando… Ninguém é feliz acordando, a menos que você seja atriz das novelas do Maneco que acordam de sobrancelha alinhada e sombra douradinha, meio esfumaçada.

    Mas enquanto a Globo não me acha, sigo acordando duas horas antes, pra conseguir chegar no trabalho com cara de gente.

    Vanessa Pinho
    http://www.mulherices.com.br

  14. Das 6h às 9h eu só sei dar pum. Assim que eu repondo a um “bom dia” neste interregno. Gostei do texto. abs.

  15. Bom mesmo, como já disse 1 amiga seria não precisar dormir, ser um hobby. Mas a d.Buzzetto matou a pau tb hein; não sei se é c/todo mundo mas já repararam ( ao menos pros “anormais” como eu rs ) q depois d uma dormida à tarde d umas 2 – 4 horas, se acorda mais disposto e sem a maioria ( nda q qdo mto uma lavada no rosto não resolva ) senão não todos os efeitos colaterais do sono noturno descrito acima ? Mesmo qdo não se dormiu nda na noite anterior???

  16. Notívago desde que me entendo por gente (ou talvez antes disso), hoje tenho a sorte (ou o merecimento) de, com raras exceções, poder acordar tarde – “tarde” para os padrões socialmente aceitos.

    Não só acordo tarde: acordo devagar, depois de avaliar cuidadosamente por longos minutos, se realmente tenho razões para levantar.

    E que ninguém me dirija a palavra antes de que esteja devidamente composto, asseado, café forte engolido e cigarro aceso. Nem ao telefone eu falo antes disso.

    Sim, pq além dessas misérias todas que vc descreveu, eu tenho outro problema ao acordar: sou gago.

    Não ria, é sério.
    Eu sou gago logo que acordo.

  17. Fabio, tenho visto alguns links no su MSN e fiquei curiosa em saber o que eram. E qual não foi minha surpresa ao saber que meu velho amigo quase sempre de “poucas palavras” agora escreve. E o que me permito reconhecer como ótimas crônicas!

    Adorei os textos! Leves, divertidos e, claro, ácidos!!!

    Lendo o “Bom Dia” foi impossível não lembrar da sua quase que diária resposta “bem educada” ao bom dia da Paty, que era mais ou menos assim: “Bom Dia??? Só se for o seu porque o meu já começou péssimo tendo que acordar essa hora pra vir para esse lugar!” Rsrs!

    Parabéns! E o link do blog já foi para os meus favoritos!

    Saudades de você!

    Bjo
    Dani

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: